Jazz, jazz e mais jazz.

Sempre falo de jazz aqui no blog: porque eu gosto e é muito bom!!

Hoje é sobre o Iridium: club que está muito bem cotado entre os dez melhores de Nova York.

Na Broadway, mas bem escondidinho.

Escolhemos pela classificação e por quem ia tocar ali:

Dave Grusin, 75 anos, americano,  pianista e compositor, indicado para oito Oscars e para 4 Globos de Ouro. Ganhou um Oscar  e  sete  Grammys.

Descer as escadinhas compensou afinal.

E se tornou imperdível!

2 Comentários

Arquivado em Jazz, Nova York, Vídeo

2 Respostas para “Jazz, jazz e mais jazz.

  1. eymard

    Tania,
    Ao ler o seu post me lembrei que em 96 estive no Iridium, quando ainda era escondidinho ao lado do Lincoln Center (onde hoje, na esquina, é o P.J.Clarks) e assisti o grande Les Paul. Voltei outras vezes. Sempre que volto procuro ir ao Iridium. Descer as escadas. Aguardar o início da Sessão. O apagar das luzes. Aquela quase reverência ao bom jazz. abs.

Deixe uma resposta para Tânia Sciacco Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s