Arquivo da tag: documentário

“Onde a Coruja Dorme”

É muito interessante este documentário sobre Bezerra da Silva, sobre o samba que vem do morro, a música de quem vive o que escreve.
Bezerra nasceu em Recife e foi para o Rio de Janeiro atrás de seu pai. Viveu no morro e ali encontrou o seu papel, ele é chamado “a voz do morro”.
Planet Hemp, O Rappa, Barão Vermelho, entre outros gravaram suas músicas.
Quem não conhece: ” vou apertar, mas não vou acender agora, se segura malandro fazer a cabeça tem hora”. As músicas falavam do morro, dos problemas sociais, da malandragem, verdadeiras crônicas da vida real.

“Eu vou onde a coruja dorme”. É assim que o cantor e compositor Bezerra da Silva define seu processo de trabalho. Desde o início de sua carreira “o homem do gravador”, como ficou conhecido, percorria morros e todos os cantos da Baixada Fluminense, gravando sambas dos jovens e desconhecidos pagodeiros locais. Com um nível de renda muito baixo, esses compositores retratam uma dura realidade vivida por muitos cariocas e desconhecida por tantos outros.

A grande maioria das pessoas que ouve Bezerra, não sabe que seus sambas pertencem a esses desconhecidos compositores, moradores de diversos morros e favelas do Grande Rio e da Baixada, o “quartel general do samba”.
(texto retirado do site, vale a pena entrar lá, ler os textos, assistir os vîdeos)

Onde a Coruja Dorme

trailler

A estréia de Onde a Coruja Dorme foi no dia 02 de novembro de 2012. Confira abaixo as salas de exibição.

Rio de Janeiro:
* Espaço Itaú de Cinema – Praia de Botafogo – 02/11 às 18h – SALA 4
* Cine Joia – 02/11
* Cine Santa Tereza – 02/11 a 08/11 às 19hs + Sessões Especiais dia 03 e 04 às 23hs (com sorteios de kits promocionais)
* Cinema Candido Mendes – 02/11
* Instituto Moreira Sales – 21/11

Salvador:
* Sala de Arte Cine XIV – 02/11
* Espaço Itau Glauber Rocha – 16/11

São Paulo:
* Espaço Itau Frei Caneca – 02/11

Belo Horizonte
* Cinema 104 – 02/11
* Cine Liberdade – Mostra de Cinema Latino Americano 23/11 às 21h30 e no domingo, 25/11 às 17h30

Brasília
* Espaço Unibanco Brasilia – 02/11

20121106-235428.jpg

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em cinema

Catadores de lixo de Gramacho por Vik Muniz

Alguns dos trabalhos que fazem parte do documentário Waste Land.
Este primeiro foi leiloado em Londres e  vendido por vinte e oito mil libras.

8 Comentários

Arquivado em Arte, fotografia, Vik Muniz

Waste Land com Vik Muniz-Lixo Extraordinário

Hoje fui assistir ao documentário Waste Land aqui em Nova York.
Eu tinha visto a série catadores de lixo de Gramacho na exposição de Vik Muniz no MASP em São Paulo em 2009 e o documentário foi feito no Jardim Gramacho no Rio de Janeiro, maior aterro sanitário do mundo  e mostra como estas obras foram realizadas.

Vik Muniz escolheu alguns catadores de recicláveis que  trabalhavam no Jardim Gramacho separando o que pode ser reciclado numa montanha de lixo. (Impressionante a vida destas pessoas, o perigo a que elas estão expostas todos os dias, a coragem com que elas enfrentam este trabalho para tentar uma vida digna).

Primeiro,  pra cada pessoa escolhida uma cena e o registro fotográfico desta cena, depois esta imagem foi preenchida no chão de um grande galpão com todo o material retirado do  lixo, dentro deste material tudo e mais um pouco do que você imaginar:  sapato, ursinho de pelúcia, tampinha, fita cassete, garrafa, fantasia de carnaval, etc, etc.
Os próprios personagens das fotos, trabalharam no preenchimento e finalizando:  a fotografia de Vik Muniz.

Uma destas obras de arte foi leiloada em Londres e revertida para a Associação.

Cabe aqui a discussão sobre o  poder de transformar, transformar  o lixo em obra de arte, transformar através de uma oportunidade a vida de uma pessoa, de criar  condições melhores pra uma classe de trabalhadores e tudo  partindo de quem tem possibilidade pra isto e por escolha própria.

“Eu era pobre e tudo que eu queria eram coisas materiais, agora estou numa fase em que eu tenho tudo e não quero nada, quero reverter tudo isto de alguma maneira”

Parabéns Vik Muniz  pela forma que você escolheu para reverter o  que a vida tem te dado!

Assista ao trailler para ter uma idéia e não deixe de ver quando passar no Brasil.

1 comentário

Arquivado em Arte, Nova York, Vik Muniz

O nascimento de uma Obra de Arte

No dia 23 de setembro poderemos ver aqui em São Paulo o filme A Obra de Arte, com direção de Marcos Ribeiro na Cinemateca Brasileira.

É um  documentário  longa-metragem que  mostra o processo de criação e produção de 7 artistas brasileiros: Beatriz Milhazes, Carlos Vergara, Cildo Meireles, Eduardo Sued, Ernesto Neto, Tunga e Waltércio Caldas.

“Como nascem e prosperam as obras de arte? O que são obras de arte?
Em visitas aos ateliês dos artistas plásticos citados, o diretor colheu depoimentos, imagens, perfomaces, gentilezas e surpresas em filmagens inesquecíveis.

O documentário revela a descoberta do mundo das artes plásticas pelo diretor, e como este mundo pode ser entendido e apreciado por todos.

Numa linguagem fluente e afetiva, com planos longos e música especialmente composta para o filme, o diretor conduz o espectador através dos ateliês e do pensamento dos artistas.

E os artistas ao falarem de suas idéias, mostram os procedimentos e métodos na produção de suas obras de arte.

Com a produção da jornalista Helena Lara Resende, uma belíssima música do maestro Antonio Saraiva, direção de fotografia de Manuel Águas e direção e montagem de Marcos Ribeiro, o filme, com suas imagens e depoimentos únicos, é capaz de revelar, entreter, emocionar e sugerir reflexões muito além das artes plásticas, de uma maneira delicada e original”.

Acontece bem próximo à  Abertura da 29ª Bienal de São Paul0, programação completa. Pra quem não puder comparecer, eu  aviso quando o DVD estiver disponível.

Categoria: Filmes
Gênero: Documentário
País / Ano: Brasil / 2009
Duração: 71 minutos
Direção: Marcos Ribeiro
Elenco: Beatriz Milhazes, Carlos Vergara, Cildo Meireles, Eduardo Sued, Ernesto Neto, Waltércio Caldas e Tunga.

Cinemateca Brasileira, dia 23 de setembro, quinta-feira, 20h30.
Largo Senador Raul Cardoso 207 Vila Clementino
São Paulo SP

1 comentário

Arquivado em Arte, Vídeo

Os Mistérios de Picasso

Gosto muito de assistir filmes baseados na vida de pintores famosos.
Já assisti o filme sobre Modigliani, Kandinsky, o filme baseado na famosa tela “A Moça do Brinco de Pérola” de Vermeer  e como ainda não tinha visto nenhum sobre Picasso, pedi para o meu filho procurar um, e ele alugou este:

Mistery of Picasso

É classificado como documentário e foi filmado pelo amigo e famoso cineasta francês,  Henry-Georges Clouzot que sempre quis registrar o processo criativo do gênio (Não sei se  é realmente possível registrar isto).
Foi feito  em 1955 e de uma maneira muito interessante, onde Pablo Picasso criou rapidamente incríveis desenhos usando tinta e papel especial e Clouzot foi filmando do lado inverso da tela capturando a imagem de sua criação em tempo real.

Quando o artista decidiu pintar com óleo, Clouzot mudou a cor do filme e usou a técnica de animação em stop-motion.

Aparece a tela e a pintura se formando e em alguns momentos a conversa entre artista e diretor, vamos acompanhando do primeiro traço até a transformação total do que parecia a princípio.

Para este projeto o acordo foi que, depois de terminada a filmagem, todas as obras seriam destruídas (só de pensar em vinte telas de Picasso jogadas fora, dá até um arrepio).

Em 1984, o governo francês declarou este documentário um tesouro nacional.

Indispensável para quem quer aprofundar o conhecimento sobre o trabalho do mestre, mas é preciso um pouco de paciência e escolher um momento de disposição para assistir.

O meu conselho de amiga: Não assistam se estiverem com sono ou então assistam se estiverem com insônia: os traços, a música, a repetição é um santo remédio!

5 Comentários

Arquivado em Vídeo