Arquivo da tag: Onir

O RINO ONIR de Daniel Fontoura

Se você ainda não viu os rinocerontes do projeto Rino Mania, vai hoje dia 19 de setembro, eles estão expostos no MuBE (Museu Brasileiro da Escultura) na Av Europa 218, a partir de amanhã eles seguem cada um para um canto da cidade.
Veja as fotos do Rino Onir, de Daniel Fontoura e uma entrevista do artista para a equipe da Duratex.

O que o levou a escolher este tema em um rinoceronte?

O meu rinoceronte se chama ONIR e a idéia de aplicar espelhos que refletissem o público e o local onde ele fosse instalado, juntamente com fotografias de reflexos, surgiu pela vontade de transportar minhas fotografias, e a temática presente nelas, para outro ambiente. Em meus trabalhos busco colocar o observador em meio a um jogo de percepções entre o que é “real” ou não dentro da fotografia, causando uma reflexão sobre a própria natureza ilusória da imagem fotográfica. Elementos reflexivos como espelhos, água, janelas e vidros são recorrentes em meu trabalho.

Como foi pintar o Rino? Aconteceu algum fato inusitado?

Na verdade a única pintura presente no meu rino é a tinta automotiva prata que foi usada como base, por baixo das aplicações de fotografias de minha autoria impressas em vinil adesivo e de poliéster espelhado. Esse projeto foi muito diferente de tudo o que já fiz até hoje, uma vez que foi minha primeira experiência em três dimensões. Do papel para o rino foi muito complicado adaptar as idéias iniciais, as curvas da escultura dificultaram a aplicação dos materiais escolhidos e levei muito mais tempo do que imaginava que precisaria para concluir o ONIR. No final fiquei muito satisfeito com o resultado, e me surpreendi como algumas decisões tomadas instintivamente, simultaneamente ao processo de aplicação, ficaram ainda melhores do que meu projeto inicial.

Tem algo mais, alguma curiosidade para nos contar?

Cada vez que o ONIR for visto ele será diferente para o espectador, pela presença do poliéster espelhado que reflete tudo que está ao seu redor. Dependendo da hora do dia e da posição do observador as informações refletidas nele podem mudar completamente.

 

 

Anúncios

9 Comentários

Arquivado em Entrevistas, Esculturas, Exposições, São Paulo