Arquivo do mês: junho 2013

Instituto Arte de Viver Bem inaugura a Casa da Mulher

Ouvi falar pela primeira vez deste projeto no Programa Amaury Junior.
Fiquei bem interessada na entrevista da Valéria Baraccat Gyy, especialmente pela cartilha que ela edita com muitas informações pra quem tem ou teve câncer.
E fui me interessando mais e mais quando ela contou deste projeto super especial, em parceria com arquitetos muito bacanas que desenvolveram e doaram integralmente seu trabalho em parceria com seus fornecedores, pensando nas necessidades desta mulher e de quem convive com ela no período de tratamento.
A partir de hoje a mostra está aberta para visitacão e permanece por três semanas.
O valor de R$ 30,00 da entrada será usado para manuntençào da Casa.
A ONG estará aberta a partir do dia 05 de agosto.

Instituto Arte de Viver Bem inaugura a Casa da Mulher

Projeto abrigará espaços para tratamento e combate ao câncer de mama
O Instituto Arte de Viver Bem (IAVB), idealizado por Valéria Baraccat Gyy, acaba de criar a Casa da Mulher, inspirada nos projetos sustentáveis utilizados nos EUA, país de referência para esses formatos. A Casa, com inauguração marcada para o dia 26 de junho, será um local para várias atividades voltadas para o público feminino, com foco no combate do câncer de mama e no tratamento da doença, além de palestras sobre o tema e capacitação profissional de físicos e fisioterapeutas.

Os ambientes da Casa da Mulher foram projetados por profissionais renomados como Daniela Colnaghi, Daniela Mattos e Maria Fernnanda Piti, Vilma Massud, Roberto Migotto, Marília Veiga, João Armentano, Mauricio Karam, Bick Simonato, Márcio Kogan, Luiz Carlos Orsini, Alex Hanazaki, Ricardo Pessuto e Marcelo Faisal.

Cada espaço receberá o nome do profissional e seus respectivos fornecedores, além de ganhar os nomes das empresas que os adotarem. Os profissionais tiveram total liberdade para criar os ambientes, devendo apenas manter o conceito que será destinado a atividades específicas.

A Casa será dividida em: Espaço Autoestima; Espaço para atividade física, fisioterapia e drenagem linfática; Auditório para palestras e capacitação; Espaço Multidisciplinar para atendimento psicológico, nutricional e jurídico; Espaço lúdico; Sala de Reunião e da diretoria; Recepção; e a Área externa. Cada ambiente foi previamente pensado para atender as necessidades que as mulheres que enfrentam ou enfrentaram o câncer de mama e seus familiares têm durante o tratamento da doença.

Casa será aberta para a visitação dos espaços decorados durante três semanas e dará início às atividades do Instituto em agosto de 2013.
Capacitação na Casa da Mulher
De acordo com o Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde (CNES), existem cerca de 4.400 mamógrafos no Brasil, sendo que apenas 1.500 estão na rede pública. Porém, segundo a Associação Brasileira de Física Médica, apenas 104 profissionais especializados em radiologia diagnóstica são capacitados para realizar o balanceamento dos aparelhos.
Frente a esses números preocupantes, a Casa da Mulher, em parceria com a USP e a Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo, oferecerá cursos de especialização em radiologia diagnóstica em mama para esses profissionais.

Conheça cada espaço:
O Espaço Autoestima, adotado pela designer de interiores Daniela Colnaghi, tem 29m² e será destinado para cuidados com a beleza. Neste ambiente, profissionais irão ensinar as mulheres a se maquiar e mostrar como podem usar lenços e perucas, uma forma de resgatar a autoestima dessas mulheres.

Daniela Mattos e Maria Fernnanda Piti são responsáveis pelo Espaço para atividade física, fisioterapia e drenagem linfática. A sala com 24m² terá a função de ajudar as mulheres em tratamento de câncer de mama na recuperação de seus movimentos.

O Auditório para palestras e capacitação foi adotado pela arquiteta Vilma Massud. A Sala de 20m² será utilizada para a capacitação de físicos e fisoterapeutas, além de palestras sobre prevenção do câncer de mama e outros assuntos sobre o tema.

O escritório Bick Simonato projetou a Sala para atendimento psicológico, nutricional e jurídico, com 16m². As mulheres em tratamento de câncer de mama precisam de orientação psicológica, já que a doença é tanto física como emocional; sendo importante também que conheçam seus direitos;

O Espaço lúdico ficou por conta da arquiteta Marília Veiga. O local com 10m² será repleto de brinquedos, livros e revistas de histórias em quadrinhos, para que as mães possam deixar os seus filhos brincando, assim não perdem suas atividades;

João Armentano adotou a Recepção, a sala de espera e um dos banheiros da casa, totalizando 30m² A Recepção será o local de primeiro contato com o público. A sala de espera será uma área confortável para as mulheres aguardarem atendimento.

Mauricio Karam idealizou a área de integração dos ambientes na parte superior da casa. A área de 13m² receberá uma mini biblioteca e servirá como um local para relaxamento durante as atividades da Casa.

A Sala de Reunião e da diretoria foi projetada por Roberto Migotto. É lá nos 20m² que formadores de opinião, tais como empresários, jornalistas, publicitários e chefs de cozinha irão se reunir para organizar eventos, almoços e palestras.

A fachada da Casa da Mulher será assinada por Márcio Kogan, responsável também pelo hall de entrada.

A Casa será repleta de verde idealizado pelos paisagistas Luiz Carlos Orsini, Alex Hanazaki, Ricardo Pessuto e Marcelo Faisal.
Pessuto assina o paisagismo nas laterais da Casa. Marcelo Faisal ficou responsável pela entrada e lateral direita.
Alex Hanazaki fará o terraço da frente. Já Orsini é o responsável pela integração dos ambientes do Espaço da atividade física e a sala de palestras.

Sobre o Instituto Arte de Viver Bem:
Idealizado em 2009 por Valéria Baraccat Gyy e um grupo de amigos, o Instituto Arte de Viver Bem (IAVB) é uma organização não governamental que tem como missão colaborar para diminuir a taxa de óbito por câncer de mama no Brasil, melhorando a qualidade de vida das mulheres tanto na prevenção, como em tratamento. O IAVB trabalha também para melhorar a política pública e dos mamógrafos do País.
O Instituto já fez parceria com a Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo e também desenvolve material didático, como as cartilhas de prevenção e combate ao câncer de mama. As cartilhas são distribuídas gratuitamente nos hospitais e centros de oncologia do estado. Para alcançar seu objetivo, realiza campanhas solidárias, como o Dia das Crianças e a Noite do Cobertor.
Há nove anos, Valéria trava uma luta contra o câncer de mama. Em 2004, quando foi diagnosticada, passou a estudar o assunto nos melhores centros de oncologia do mundo. Com o seu conhecimento, ela resolveu transformar o seu drama pessoal em ensinamento e mostrar que “viver bem”, mais do que um sonho, pode se tornar uma realidade. Atualmente, faz tratamento da recidiva detectada no início de 2012, mas com a mesma garra, continua desenvolvendo o trabalho frente ao IAVB, que ajudou a fundar.

Serviço

Casa da Mulher
Período de visitação dos espaços decorados
26 de Junho a 19 de julho de 2013
Abertura da ONG:
A partir de 05 de agosto
Local
São Paulo: Rua Major Natanael, 235 Pacaembu
Horário
Segunda a Sexta das 9h às 18h
Doações
As doações, de R$ 30,00, durante a visitação, serão para a manutenção da casa.
artedeviverbem

Anúncios

2 Comentários

Arquivado em Mulheres que fazem a diferença, pessoas que fazem a diferença, São Paulo